Cabelo de criança

Cabelo de criançaSua filha vive insistindo para fazer luzes no cabelo e ela ainda nem completou 12 anos de idade? Antes de se deixar levar pela insistência da pequena e permitir seus caprichos, saiba o que os dermatologistas recomendam sobre o assunto. Os médicos Erasmo Tokarski e Flávia Martelli, ambos membros da Sociedade Brasileira de Dermatologia, esclarecem as principais dúvidas sobre os cuidados e o que é permitido fazer nas madeixas de meninos e meninas.

Criança também sofre queda de cabelo

Verdade. Segundo o doutor Tokarski, existem vários motivos para a queda de cabelo nessa faixa etária. Por isso, assim como os adultos, é fundamental investigar para tratar essa causa. A médica Flávia destaca os principais responsáveis: infecção fúngica (micose), deficiência nutricional, alopecia areata, estresse e até causas genéticas.

Criança não tem cabelo oleoso

Mito. Apesar de a criança poder, sim, ter cabelo oleoso, não é muito comum. Isso porque as glândulas sebáceas ainda não estão completamente desenvolvidas.

Criança não pode lavar o cabelo todo dia

Mito. Tokarski destaca que não há qualquer restrição para que se lave o cabelo todos os dias, principalmente porque e a lavagem não danifica os fios. “Vai depender dos hábitos de banho de cada um, de cada família. Conheço poucos meninos que conseguem entrar no banho sem molhar os cabelos”, completa a doutora Flávia.

Criança pode fazer luzes antes dos 12 anos

Depende. A dermatologista Flávia ressalta que não é aconselhável o uso de tinturas ou luzes em crianças, pois a pele, mesmo do couro cabeludo, da criança, é mais sensível. Com base nisso, Tokarski diz que as luzes estão liberadas “desde que não se encoste o produto no couro cabeludo”.

As tinturas são liberadas em qualquer idade

Mito. Com tinturas, há ressalvas maiores do que com luzes. O problema com esse produto é a repetição de aplicações, que aí sim pode oferecer risco para a saúde. Sem contar o fato de encostar-se à raiz. Mesmo nos adolescentes, é bom lembrar que antes da aplicação deve-se fazer o teste para checar reações alérgicas.

Relaxamentos e escovas progressivas não são permitidos para crianças e adolescentes

Verdade. “Desaconselho escovas progressivas ou alisamentos para adolescentes, e principalmente crianças, veementemente. O motivo é o mesmo exposto acima, pois a pele ainda é muito sensível e o risco de reações alérgicas é muito maior”, diz a médica Flávia.

Criança pode usar produto de adulto

Depende. “É muito melhor usar produtos específicos para crianças, que são mais suaves, mas esporadicamente pode-se usar algum produto para adultos”, comenta Tokarski. “A pele da criança é mais fina e mais sensível, portanto, os produtos infantis devem conter menos conservantes e ingredientes químicos em geral, para minimizar o risco de reações alérgicas”, completa Flávia.

Reportagem do site Terra em 20-07-2011
Da Latta Serviços Editoriais
Especial para o Terra

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>